Encontre as melhores soluções para o seu negócio.

NEWS

Pilares tecnológicos da Indústria 4.0 - Cloud Computing

Avaliação do Usuário

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

Cloud Computing

Cloud Computing é um termo em inglês, traduzido livremente como ‘computação na nuvem’. O conceito já ganhou espaço em grandes indústrias e corporações, mas apenas recentemente vêm chegando em pequenas empresas.

Resumidamente o conceito refere-se a capacidade de computação infinitamente disponível e flexível. Dessa forma, a infraestrutura de hardware e rede é enxergada pelos usuários como um serviço onde se paga apenas pelo devidamente utilizado.

Essa flexibilidade permite otimizar e muito os recursos computacionais, pois apenas o recurso estritamente necessário é utilizado para uma determinada aplicação. Ao se necessitar de mais recursos, a infraestrutura se adapta a nova demanda de maneira automática.

O usuário não precisa se preocupar com questões como espaço de armazenamento, tamanho da banda larga, poder de processamento ou segurança das aplicações e dados. Com a implementação da cloud computing, todas estas demandas de tecnologia da informação são satisfeitas efetivamente.

A ideia da cloud é, justamente a de expansividade. Deixar a infraestrutura transparente para o usuário, para que de acordo com a necessidade, a cloud consiga disponibilizar maior infraestrutura e se adequar ao volume recebido.

Tudo isso garante, especialmente para corporações, a utilização eficiente de recursos e reflete diretamente na economia de custos e de tempo.

Quais são os benefícios da Cloud Computing para as indústrias?

A Cloud Computing vem revolucionando os processos de empresas de todos os portes e nichos de mercado, e as indústrias de manufatura não são exceção. 

Isso porque, em um contexto de transformação digital, a Cloud permite desenvolver estratégias mais acertadas a partir do uso de analytics, business intelligence (BI) e ferramentas de big data, por exemplo. 

Em outras palavras, as plataformas com base na nuvem facilitam a geração de insights a partir dos dados do seu negócio. 

Mas esses são apenas alguns benefícios dessa tecnologia para os negócios. Veja, a seguir, 4 benefícios da Cloud para indústrias de manufatura e saiba por que você deve ficar atento a isso: 

1. Monitoramento em tempo real 

Como comentamos acima, existem aplicações com base na Cloud que permitem o monitoramento das operações de chão de fábrica em tempo real. Na prática, as peças podem ser identificadas ainda na linha de montagem através de um chip de radiofrequência (RFID), que vai facilitar seu monitoramento desde a etapa da manufatura até a venda. 

O diferencial é que, com a Cloud Computing, todas as operações podem ser monitoradas de maneira centralizada, o que é especialmente útil para empresas com centros de produção distribuídos por diferentes cidades, países ou continentes. Ou seja, ao invés de cada fábrica ser gerenciada à parte, é possível monitorar e gerenciar globalmente todos os centros de produção, incrementando a eficiência da cadeia de suprimentos. 

2. Otimização de recursos 

O raciocínio é simples de entender: com a digitalização de todo o processo produtivo, você desenvolve uma visão mais global sobre os recursos da sua empresa. A partir disso, fica mais fácil identificar onde estão os gargalos de produção, onde é possível reduzir gastos e quais recursos podem ser otimizados para ganhar em eficiência operacional, por exemplo. 

E se você dispõe de informações de qualidade sempre que precisa, pode aplicar a inteligência de negócios para tomar decisões mais eficientes e ágeis. 

3. Redução de custos 

A Cloud permite que empresas de todos os portes reduzam custos sem perder em eficiência operacional, agilidade e inovação. E isso está relacionado com o próprio modelo da Cloud: ao contrário dos modelos tradicionais de TI, a Cloud Computing reduz ou elimina completamente a necessidade de equipamentos — servidores, roteadores, computadores — no chão de fábrica. 

Além disso, as fábricas sofrem menos impacto nas linhas de produção nos casos de manutenção de equipamentos, já que aplicações de IoT, aliadas com ferramentas de Big Data, podem alertar sobre os problemas antes mesmo que eles aconteçam. É possível obter, por exemplo, métricas que indiquem se chegou a hora de substituir peças ou revisar equipamentos, evitando imprevistos na linha de produção. 

4. Maior eficiência operacional 

Existem diversas soluções de Cloud para indústrias de manufatura que podem aumentar a sua eficiência operacional. Um exemplo são os Manufacturing Execution Systems (MES), voltados para o gerenciamento do chão de fábrica, e os Product Lifecycle Management (PLM), que focam no gerenciamento do ciclo de vida do produto, da produção até o mercado. 

Através da Cloud, pode-se contratar até mesmo serviços para automação de atividades de manufatura, o que reduz em muito os custos de desenvolvimento de produtos e democratiza o acesso às tecnologias de ponta. 

Mas esses são apenas alguns exemplos de recursos da Cloud disponíveis para as indústrias de manufatura. A tendência é que, nos próximos anos, a automação e digitalização de processos se tornem cada vez mais eficientes e sejam integradas às novas tecnologias (como os dispositivos móveis, por exemplo).

Sua empresa possui necessidades especificas de mercado, nós possuímos as soluções ideais para o seu negócio.

CONHEÇA NOSSOS SERVIÇOS:http://rvsis.com.br/index.php/solucoes/gestao-de-manufatura

ImprimirEmail